o-café-cascara-flor-cafeeiro-como-se-produz-especies-de-cereja-utilização
Curiosidades

Fruta | Fruto do Café: Anatomia e Características

Apostamos que você começa seu dia com uma xícara de café.

Acertamos, não é?

Se não for puro, provavelmente pode ser aquela combinação clássica com o leite.

Seja puro ou combinado, o café faz parte da nossa rotina, mas mesmo estando tão presente no nosso dia a dia, algumas pessoas esquecem que o café é, na verdade, um fruto.

Café é Fruta?

Sim, o café, para surpresa de alguns, é uma fruta do cafeeiro. Este é um arbusto do tipo selvagem, originário da África e pertencente a família Rubiaceae, que conta com cerca de seis mil espécies.

E fique tranquilo porque quase ninguém lembra que café é uma fruta, afinal de contas, a maioria das pessoas tem contato com o pó de café, sendo esse número ainda menor para aqueles que compram em formato de grãos.

Qual a anatomia do fruto de café?

Como é de se imaginar, a fruta do café é dividida em várias partes. São elas:

  • Exocarpo;
  • Mesocarpo;
  • Endocarpo;
  • Semente.

1 – Exocarpo

O exocarpo nada mais é que a parte externa na fruta, ou seja, a famosa casca.

2 – Mesocarpo

Já o mesocarpo é a polpa do fruto.

Essa parte também é chamado de mucilagem, uma região gelatinosa e adocicada que fica entre o exocarpo e o endocarpo.

3 – Endocarpo

O endocarpo, também chamado de pergaminho, é a “película” que envolve a semente do café.

Inclusive, tem um fato bem curioso com relação a isso.

Antigamente, a semente do café não podia ser transportada se ainda tivesse com o seu pergaminho intacto.

Ele só era liberado para viajar para outros países depois de torrado, ou seja, sem nenhuma possibilidade de germinação da semente.

4 – Semente

E por fim temos a semente, que é formada pelo espermoderma, que é a camada mais interna da semente, que também é chamado de pele de prata.

A semente também é constituída do endosperma, que é um tecido de tonalidade entre verde e amarelo e que carrega o amido, açúcares, gorduras, minerais, ácido, água alcaloides e outros itens responsáveis pelo aroma do café.

Já a última parte da semente do café é o embrião.

O que é o Grão Cereja?

O Grão de Cereja é o café maduro.

Quando a fruta madurece, ela ganha um tom avermelhado, indicando ao agricultor que ele já pode colher essa fruta.

O engraçado é que quando provamos o café neste formato, ele é naturalmente adocicado por conta da concentração de açúcar que, aliás, é o responsável por essa mudança de coloração.

Depois que o café é colhido e passa pelo processo de despolpamento, ele vira o café verde, com um gosto amargo e nada agradável.

O café só passa a ficar gostoso novamente, com aroma e sabor agradável ao paladar depois da sua torra.

Interessante, não?

Conclusão

Pois é, o café tem que passar por todo esse processo até chegar do jeitinho que você gosta na sua mesa.

Isso sem contar o plantio em si, que também é bem trabalhoso.

Mas agora você já sabe, se te perguntarem, o café é uma fruta e muita da gostosa.

Referência:

https://www.ilcaffeespressoitaliano.com/2014/come-e-fatto-il-frutto-del-caffe/