visual-moderno-minimalista
Curiosidades

The Coffee | Cafeteria: Franquia Enxuta do Pegue e Leve

Nosso papo de hoje será com o pessoal que está pensando em abrir uma cafeteria.

No texto a seguir falaremos sobre a franquia The Coffee.

Comentaremos sobre sua história, o que você deve fazer para se tornar um franqueado, quanto é o investimento, seu retorno, se vale a pena e muito mais.

Vamos lá?

O que é The Coffee Franquia?

A The Coffee é uma cafeteria que foi inspirada em Tokyo e você percebe logo de cara.

A companhia trabalha em cima de uma pegada, um conceito minimalista, otimização de espaço e, claro, alta qualidade.

A The Coffee se junta a modalidade To Go, muito famosa no Japão.

The Coffee: História

microcafeteria-pegue-e-leve

Para trazer para o Brasil todo o conceito do Japão, obviamente que os donos teriam que pesquisar na sua fonte.

E foi isso que eles fizeram lá em 2017.

O resultado?

Uma microcafeteria ( pelo tamanho da área requerida ) “Pegar e Levar” no Brasil, proporcionando a uma nova experiência aos consumidores de café.

Nova mesmo, porque quem é brasileiro sabe como apreciamos sentar em algum lugar, inclusive nos cafés, para tomar algo e passar horas a fio conversando.

Mas o formato conquistou os brasileiros e foi sucesso instantâneo.

A primeira unidade foi aberta em Curitiba e atualmente a The Coffee conta com 7 lojas, inclusive em São Paulo, e 9 estão no processos de expansão.

Como abrir franquia The Coffee?

É bem simples abrir uma franquia da The Coffee.

Basta acessar o site da marca e preencher um formulário presente no portal.

Claro que isso é o começo, pois seu pedido passará por análise.

Mas esse é o primeiro passo para formalizar seu negócio.

Quanto custa uma franquia do The Coffee?

Para poder abrir uma franquia da The Coffee você terá que fazer um investimento total de R$100.000,00, com R$10 mil de capital de giro para estoque inicial.

Qual o tempo de retorno?

inspirada-nas-cafeterias-modernas-japao

A marca promete retorno, ou seja, lucro, em até um ano e meio.

Qual o faturamento do The Coffee?

O esperado é que o franquiado tenha um faturamento de R$100.000,00 após um ano e meio de funcionamento.

Qual a vantagem do The Coffee Franquia?

O modelo de franquia do The Coffee é ideal para quem vai abrir o primeiro negócio e não tem muito capital para investir.

Por conta do seu formato reduzido, todo o resto também é mais compacto, a começar pelos elementos usados no dia a dia e, claro, os recursos.

Por exemplo, ao invés de ter um computador enorme, o The Coffee trabalha com tablets.

É nele que o cliente visualiza o cardápio e também escolhe sua bebida.

Uma segunda opção é fazer isso pelo aplicativo da The Coffee.

Ou seja, você economiza em equipamento e ainda dá a autonomia ao cliente para fazer todo o processo de escolha e finalização do pedido.

Juntando economia, praticidade e um atendimento super tecnológico, o que com certeza vai agradar o público mais jovem, por exemplo.

The Coffee cardápio

O cardápio do The Coffee é bem enxuto, mas isso nem de longe é algo ruim.

Pelo contrário, só reafirma a ideia de um negócio mais compacto, sem esquecer a qualidade, é claro.

Além de reduzido, o cardápio é único.

As bebidas disponíveis no cardápio da The Coffee são exclusivas, ou seja, produzidos apenas por eles.

Outra coisa legal é que cada bebida ganhou um nome muito especial.

A franquia serve bebidas quentes e geladas, mas a estrela principal da companhia é o café, obviamente.

São grãos 100% Arábica que vem de uma fazenda premiada no interior do Paraná.

Como acompanhamento é vendido bolos e cookies.

Franquia The Coffee vale a pena? 

cardápio - curto-com- opções- quentes- e- geladas- da- bebida

Essa é uma pergunta muito difícil de responder, porque depende muito do que você quer e, claro, quanto tem para investir.

Mas vamos começar analisando que apesar de parecer meio estranho, esse conceito de pegar e levar combina perfeitamente com lugares como São Paulo, por exemplo.

Na cidade que nunca dorme, esse tipo de atendimento faz muito sentido.

E falando em atendimento, esse formato é bom para você e para o cliente.

Para você porque não vai ter que contratar muitos funcionários –  e nem cabe também – e para o cliente, onde fará todo processo sozinho e de forma automatizada, sem muita complicação.

O resultado disso é um atendimento mais ágil, ainda mais se pensarmos que muitas vezes você vai em um lugar desses e tem uma pessoa para te atender, cobrar e preparar a bebida, fazendo com que você tenha que esperar muito mais para seu pedido ficar pronto.

Com esses autoatendimento, o barista vai preparando sua bebida enquanto você paga pelo drink.

E ainda falando disso, tem a questão do espaço e investimento em si.

Como o formato é de uma cafeteria To Go, você não vai ter que alugar um espaço muito grande e gastar rios de dinheiro com aluguel.

cafeteria-paranaense-to-go-take-away
O mesmo vale para os equipamentos, não será necessário um investimento muito grande para equipar a loja, já que você não vai precisar de muita coisa.

Isso, no final do mês, quer dizer economia, que é mais que bem-vinda.

Ainda mais se você for um empreendedor de primeira viagem.

É até por isso que o investimento é abaixo da média.

Não podemos nos esquecer, também, do cardápio.

É único e ainda oferece boas opções de bebidas quentes e geladas, mesmo que seja mais enxuto.

Além de opções, também tem a questão da qualidade, já que a companhia trabalha com grãos 100% Arábica produzidos em uma fazenda premiada.

E por mais que seja uma empresa relativamente nova, com apenas quatro anos de estrada, já deu tempo da companhia montar a sua imagem no mercado.

O que quer dizer que você não terá que ficar correndo atrás de clientela.

O público-alvo já está definido.

E por fim, mas não menos importante, toda propaganda vinculada pela The Coffee favorece a sua franquia, sem um esforço seu – de ter que pensar em uma campanha de marketing.

Claro que na maioria das vezes as franquias cobram um valor do franqueado.

Mas só o fato de você não ter que pensar nisso – ainda mais se for novato -, já tira um grande peso das suas costas.

Diante de tudo isso dá para dizer, sim, que vale a pena ter uma franquia da The Coffee.

Conclusão

Pronto para abrir seu negócio?