para-que-serve-como-usar
Curiosidades

Café Beirão: O que É, Para que Serve e Como Usar

Nosso papo de hoje será sobre o Café Beirão, também chamado de Mucuna.

Mesmo podendo ser uma planta desconhecida para você, essa erva é usada há milhares de anos na medicina Ayurvedica, fornecendo bem-estar e saúde para seus usuários.

Vamos conhecer essa planta melhor?

O que é Café Beirão?

O Café Beirão ou Mucuna é uma planta que pertence a família Febaceae. Seu nome científico é Mucuna Pruriens, inclusive é por causa deste que ele é conhecido como Pó de mico – Pruriens vem do latim e significa coceira.

No Brasil ela também é chamada de Mucuna Preta ou Café Beirão. Já em inglês é conhecida como Velvet Bean, que significa feijão de veludo.

A Mucuna Preta é uma trepadeira de galhos compridos e que tem flores roxas e brancas com pétalas em formato de borboleta. As vagens ficam penduradas e abrigam de 4 a 6 feijões que são cobertos por pelinhos, os responsáveis por causarem coceira.

Aliás, é justamente desses pelinhos que é extraído o pó de mico.

po-de-mico-onde-achar

Como comentei lá no começo do texto, mesmo sendo desconhecida para muitos, a Mucuna é muito conhecida e usada na Ayurveda, medicina tradicional indiana desde 1500 antes de Cristo.

Seu surgimento aconteceu na Índia, mas atualmente a planta já está presente em diversas regiões sub-tropicais e tropicais do mundo.

Inclusive, os feijões do Café Beirão fazem parte da alimentação de vários povos na América, Ásia, África e Ilhas do Pacífico.

No México e na Guatemala, a Mucuna é usada como um substituto do café, sendo torrado e chamado de Nescafé nessas regiões.

Para que serve o Café Beirão?

O café Beirão é usado como afrodisíaco, para tratar artrite, transtornos nervosos e até mal de Parkinson.

Quais os benefícios  da Mucuna?

Os principais benefícios do Café Beirão são:

  • Antioxidante;
  • Ameniza os sintomas de Mal de Parkinson;
  • Neuroprotetor;
  • Anti-inflamatório;
  • Analgésico;
  • Antivenenoso;
  • Antitumoral;
  • Anti-diabete;
  • Vermicida;
  • Antimicrobiana.

1 – Ameniza os sintomas de Mal de Parkinson

O Café Beirão atua no tratamento contra Mal de Parkinson como fonte natural de L-DOPA, a substância mais usada nesse quadro e que diminui os sintomas da doença.

A diferença do Beirão para uma versão sintética de L-DOPA é que na sua fórmula artificial o remédio tem efeitos colaterais a longo prazo, causando movimentos in voluntários, o mesmo não acontece quando o paciente absorve essa substância de forma natural, ou seja, por meio da Mucuna.

po-de-mico-vende-em-farmacia

A planta também conta com NADHX e Coenzima Q10, ambas as substâncias são usadas no tratamento de Parkinson para restaurar a quantidade de serotonina e noradrenalina, dois neurotransmissores.

Como é um neuroprotetor e neurorregrnerador, ela também pode ser usada para tratar outra doença degenerativa, o Alzheimer.

2 – Antiinflamatório, antioxidante e antitumoral

A ação antioxidante da Mucuna protege as células do nosso corpo, por conta disso ela retarda o envelhecimento destas e age como um Anti-inflamatório.

Inclusive, é essa característica antioxidante que faz o Café Beirão ser usado em prevenção e tratamentos contrato o câncer.

Quais os efeitos colaterais da Mucuna?

Segundo um estudo, o Café Beirão não causa nenhum efeito colateral nas doses recomendadas pelo médico.

Então, se você quiser incluir o Beirão na sua rotina, não deixe de consultar um profissional antes.

Conclusão

E você, já tinha ouvido falar do Café Beirão?