oração-comprar-imagem-de-santo
Curiosidades

Nossa Senhora do Café: Padroeira dos Cafeicultores

No dia 14 de abril é comemorado o dia mundial do café, mas você sabia que o Coffee lover tem uma outra data especial para comemorar?

Aliás, não só uma data, mas uma padroeira.

Estamos falando da Nossa Senhora do café.

Já ouviu falar sobre ela?

O que é a Nossa Senhora do Café?

Apesar do nome ser outro, a Nossa Senhora do Café já é conhecida.

Trata-se de Nossa Senhora de Aparecida.

A padroeira ganhou esse outro título por conta de um artigo escrito pela professora Ana Maria Negrini, que na época ainda era uma estudante.

santo-leite-silêncio-igreja

Em 1964 ela escreveu um artigo chamado de “Minha Nossa Senhora de Café” para a revista católica em que trabalhava na época.

Neste texto ela fazia uma conexão entre Nossa Senhora Aparecida e sua “cor de café”.

Anos mais tarde, o jornal da Cooperativa de Cafeicultores de Espírito Santo do Pinhal, cidade de Ana, pediu sua ajuda para escrever um outro texto com o mesmo nome.

Nele, se falava sobre as aflições dos Cafeicultores e para que Nossa Senhora olhasse por eles.

O artigo chegou ao Rio de Janeiro e no dia 08 de janeiro de 2001, o professor Albertino Fonseca enviou a Espírito Santo um desenho da Santa, intitulado de Nossa Senhora do Café do Brasil.

Com a “mudança” de nome, a santa ganhou título próprio.

A Santa, ao contrário da versão Colômbia chamada de Virgen Del Café, tem a cor da pele no tom do grão.

É morena, com o manto na cor do café torrado.

Já o véu e a túnica tem a coloração do café cru.

O reconhecimento da Nossa Senhora do Café

pesquisar-oracao-de-padroeira-dos-cafeicultores

A partir daí, a santa ganhou sua própria data comemorativa: 09 de agosto, no mesmo dia do aniversário da Cooperativa.

A empresa foi, inclusive, a responsável por construir a primeira capela para a Santa. Está, olha que legal, tem o formato de um armazém de café do século 18.

Poucos anos depois, em 2004, a cidade participou do seu primeiro ExpoCatólica, onde foi apresentada a imagem da padroeira esculpida por um artesão da cidade de Pedreira.

A partir daí, a fama da Santa foi crescendo com o passar dos anos.

Com o convite da editora Loyala, Ana começou a escrever o livro Nossa Senhora do Café: História e Devoção no Brasil.

O livro chegou a ser abençoado pela própria igreja Católica, tendo a benção do bispo dom Davi.

Atualmente, a devoção ultrapassou os limites do estado de São Paulo e Minas Gerais, com a Santa ganhando um capela e uma gruta em Machado.

A gruta é aberta ao público e conta com uma imagem grande da Santa.

Ela ainda ganhou uma missa uma vez ao mês.

Segundo os habitantes da cidade, a área foi abençoado. A safra de cafés de 2016 não sofreu com pragas e nem com chuvas muito fortes.

De acordo com a professora, cerca de seis mil imagens da Santa já foram produzidas.

Conclusão

E você, já tinha ouvido falar da Nossa Senhora do Café?

Até santa própria o grão o tem, chique demais!