café-como-fazer-portugal-pingado-curto-de-limao-abatanado-americano
Curiosidades

Café Carioca / Carioquinha: Como Fazer!

É muito comum, no Brasil, um alimento ser chamado e preparado de diferentes formas dependendo do estado que você se encontra, e isso inclui o café.

Em São Paulo, por exemplo, o café mais comum da padoca é o pingado, já no Rio de Janeiro, nosso personagem principal de hoje, toma-se o carioca.

O que é o café Carioca?

O café Carioca é basicamente a nossa versão abrasileirado do americano, ou seja, uma bebida mais fraca.

E isso acontece pois, depois de pronto, acrescenta-se cerca de 15 ml de água quente a xícara.

Isso faz com que a drink fique com uma camada grande de café coado, preparado normalmente, e uma outra de água.

Como fazer um café Carioca?

É bem simples! O café é passado normal. Já na xícara, com cerca de 20 a 30ml de café coado, é adicionado os 15 mililitros de água.

E é essencial seguir essas proporções, principalmente na temperatura dos 15ml água, que interfere direta no sabor da bebida. Caso contrário, o café Carioca vira cháfé, um líquido super fraco.

Se ficar na dúvida se ela está na temperatura certa, deixe a água ferver e aguarde de um a dois minutos antes de colocar na xícara.

Ah, e o carioquinha tem uma base de café espresso, então dá para entender como essa medida a mais de água não deixa o drink aguado, como muitos pensam – já que o espresso é muito mais forte do que um grão “comum”.

 

Qual a diferença do café Carioca para outros cafés?

1 – Café Carioca:

O café Carioca se parece muito com o americano e o longo. Ele é confecciona na máquina e recebe uma quantidade maior de água, fazendo com ele fique menos forte que um curto, por exemplo.

Apesar de ser feito com espresso, pode-se usar café comum. Servido em uma xícara pequena, depois de pronto se adiciona uma pequena quantidade de água para diluir a bebida.

E diluir é diferente de aguado. Mesmo sendo diluído, o café carioca ainda deve ser encorpado.

2 – Café espresso:

Já o espresso brasileiro é uma bebida com mais volume, de 40 a 50 mililitros de café – enquanto um comum varia de 20 a 30ml.

É servido numa xícara pequena e sua concentração, tanto de sabor, aroma e cafeína, é muito mais forte e alta. É o famoso café “levanta defunto”, popularmente falando.

3 – Pingado:

A maior diferença no café Carioca para o pingado é o leite. Enquanto o primeiro leva só o grão, o segundo é um copo quase cheio – americano – de leite com um pingo de café. Daí o nome, inclusive.

E assim como o carioquinha, o pingado pode ser feito com espresso ou café coado.

4 – E o médio?

O médio é basicamente um pingado, ou seja, leva café e leite e uma camada de espuma de leite.

Ele é chamado de médio no Rio Grande do Sul.

Perguntas frequentes

Quanto custa?

O café carioca custa entre R$2,50 a R$3,00 numa padaria. Isso vai depender do estado onde você mora/está.

Conclusão

A versatilidade do café é tão grande que é quase assustador, mas de uma forma positiva. Afinal de contas, essa variedade de preparos te dá a chance de experimentar diferentes cafés utilizando um mesmo grão.

Referências:

https://ionline.sapo.pt/artigo/617395/carioca-chinesa-ou-cortadinho-sabe-o-nome-de-todos-os-tipos-de-cafe-que-pode-pedir-?seccao=LifeStyle_i